Muitas empresas anteciparam férias coletivas por conta da pandemia, e agora as férias coletivas estão chegando ao fim.

Ainda há recursos para usar, graças à MP 936/2020!!

Imagine que existem as opções de SUSPENSÃO DO CONTRATO DE TRABALHO por até 60 dias e/ou REDUÇÃO DE JORNADA DE TRABALHO em 25%, 50% ou até 70% por até 90 dias.

Se a empresa perdeu toda sua demanda e está fechada, poderá suspender contratos de empregados importantes para o negócio, evitando assim desligar toda a equipe.


Se o contrato continuar vigente durante os 60 dias a empresa só precisará pagar os benefícios do empregado nesse período, podendo opcionalmente oferecer um valor em ajuda compensatória.*

O empregado não ficará desamparado, porque receberá auxilio emergencial do governo. Incrível que em um salário de R$ 2 mil reduções de jornada de trabalho reduzem seu salário em menos de R$ 400,00, enquanto na suspensão de contrato só há uma redução salarial de R$ 520,11. Para uma situação de calamidade pública isto pode ser considerado por alguns trabalhadores uma sorte incrível.

*Se a empresa faturou abaixo de R$ 4,8 milhões/ano em 2019. Lembrando que a cada dia de suspensão ou redução de jornada, o empregado ganha mais 1 dia de estabilidade no emprego, ou seja, se suspendeu por 60 dias, o empregado tem estabilidade por 60 dias após o retorno.

Créditos da imagem: Designed by pressfoto / Freepik